uma Maternidade chamada Reino de Deus…

Geopoliticus Child Watching the Birth of a New Man, by Salvador Dali

Da parte de Deus-Pai, o seu Reino está inaugurado pela presença do Espírito Santo no seio da história humana! O Espírito Santo é o Mestre da Comunhão Divina e, em Jesus de Nazaré e em todos os homens seus irmãos, faz acontecer a Filiação Divina: no nosso seio, gera-nos como filhos de Deus-Pai. O Espírito Santo é o útero da emergência pessoal, da construção humana no Amor, útero que dá à luz para a Comunhão em Deus. “Vede que amor tão grande o Pai nos concedeu, a ponto de nos podermos chamar filhos de Deus; e, realmente, o somos!” (1Jo 3, 1).

Presente na história, o Espírito Santo colabora connosco para a emergência do Reino. O Reino de Deus é a construção, na história, de um contexto humano, social, cultural, etc!, onde possa acontecer a aventura humana! Deixem-me ver se me faço compreender…

A história, o espacio-temporal, o Universo ou o Cosmos em evolução, são o contexto no qual nasce e acontece a aventura pessoal humana. A Humanidade, a rainha da Comunhão Universal de todos os irmãos, está a emergir na história como possibilidade e chamada a Ser. A Ser em Deus. A história é o espaço onde “nascem” e se geram as aventuras pessoais de cada irmão, única, original e irrepetível, cujo horizonte é a Vida Eterna. A história é o útero da Vida Eterna! É o maravilhoso sonho do nosso Deus, que possibilita esta Oportunidade de Ser, de aprender a Ser, onde nos chama à aventura de viver, de nascer, de nos fazermos. Somos chamados à comunhão eterna em Deus, já inaugurada em Cristo Ressuscitado, e a história é o útero no qual nascemos para esta Comunhão, aprendendo os segredos e a arte de amar! E o Espírito Santo está connosco.

Então, cada geração que vive na história está como que no “turno de serviço”, nesta marcha histórica da Humanidade. Hoje somos nós. Hoje somos nós os chamados a nascer, crescer, emergir como pessoas, como seres humanos nos segredos e aventuras do Homem Novo. E hoje somos nós os chamados a construir uma cada vez melhor Maternidade: um contexto histórico cada vez mais possibilitador para a emergência pessoal. Ou seja, um contexto no qual os nossos irmãos que venham a seguir a nós encontrem mais talentos e possibilidades para fazer render a sua aventura pessoal.

O Reino de Deus, a Vida Eterna, não é uma sobrevivência pós-morte! É a emergência, a construção na história desta Maternidade na qual possa acontecer o nascimento Humano, na qual cada irmão possa encontrar as possibilidades, talentos e apelos a realizar a sua vocação, a mais bela que existe, a vocação do Homem Novo, o Eterno em Deus e com Deus! Eterno porque assumido na Ressurreição de Cristo, na qual todos, cada um de nós, encontra a sua Luz.

E o Espírito Santo cá vai circulando, mergulhando, fazendo acontecer esta Aventura do Reino em colaboração com a “geração no turno de serviço” que, neste momento, parece que somos nós…

Um grande abraço

Anúncios

Sobre economiadasalvacao

Missionário Redentorista, a viver em V.N.Gaia ruipedro.cssr@hotmail.com
Esta entrada foi publicada em nos caminhos da Fé. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s